top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Retrospectiva 2023: Confira as principais notícias do mês de novembro

Relembre as notícias que foram destaque no portal BN durante o mês de novembro



O Fundo Geral de Turismo (Fungetur), operado com verbas do Ministério do Turismo, conta com mais R$ 201 milhões para a concessão de crédito a empreendimentos turísticos privados de estados das cinco regiões do país.


O anúncio foi feito em agosto deste ano durante edição do projeto “MTur Itinerante”, que leva a todo país orientações sobre ações do Ministério do Turismo. Os recursos contemplam 9 instituições financeiras credenciadas em todo país, dentre elas, a Cresol Baser, que atende estados como Pará, Amazonas, Rondônia.


O Fundo Soros de Desenvolvimento Econômico (SEDF, na sigla em inglês), braço de investimento de impacto da Open Society Foundations, informou nesta segunda-feira que está destinando 15 milhões de dólares a um fundo de investimento sediado no Brasil, dedicado a financiar negócios sustentáveis na região Amazônica.


O Fundo para a Biodiversidade da Amazônia é apoiado por uma garantia de 100 milhões de dólares da United States Development Finance Corporation, a agência de desenvolvimento internacional do governo dos Estados Unidos. A expectativa é que os recursos atinjam até 60 milhões de dólares, de acordo com o SEDF.


Uma empresa precisa estar bem posicionada nas redes sociais, isso significa que os conteúdos estarão alinhados com os objetivos e com a identidade daquele negócio. Porém, isso não significa que uma empresa bem posicionada deva se manter estática em meio as mudanças de público e consumo que tem acontecido nas mídias.


Assim, surge o marketing de oportunidade, uma maneira de conectar a empresa ao público de forma orgânica. "O Marketing de Oportunidade é uma abordagem estratégica que visa capitalizar eventos e tendências atuais para promover a sua marca. Em vez de esperar por oportunidades previsíveis, você as cria de forma proativa, alinhando sua mensagem com o que está em alta. É uma maneira de se destacar, ser relevante e conectar-se rapidamente com o público", explica o sócio da Multiplique com Vídeos, Victor Cidade.


As obras prioritárias que devem preparar Belém para a 30ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP-30), em 2025, entraram todas no Novo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. O novo PAC foi anunciado nesta quinta-feira, 16, em uma cerimônia no Theatro da Paz, na capital paraense. Ao todo, o município vai receber mais de R$ 350 milhões em investimentos.


Os últimos resultados do PIB mostram que o agronegócio se tornou o motor da economia brasileira, e com isso também a infraestrutura passou a mudar sua face. Nos últimos anos, o escoamento da safra de grãos mudou de seu eixo tradicional dos portos do Sudeste, principalmente Santos e Paranaguá, e passou a se deslocar para os portos do Arco Norte, região que inclui os estados do Amazonas, Pará, Amapá, Maranhão, Sergipe e Bahia.

Os terminais portuários dessa região estão se destacando como importante polo de exportação de produtos agrícolas, em especial:

  • soja,

  • milho,

  • e fertilizantes.


A Equatorial acaba de anunciar a venda da Intesa, dona de uma linha de transmissão que une Belém e Brasília, para uma empresa controlada pelo fundo de pensão canadense da CDPQ.


O ativo foi avaliado em R$ 714 milhões, incluindo dívida. A fatia em equity pode chegar a R$ 396 milhões. Desse total, R$ 319 milhões serão pagos no fechamento da operação e o restante está sujeito a cláusulas de desempenho.


O Beach Life Condomínio Resort é o mais novo empreendimento idealizado pela Mirad Participações e Construções e pela GBKA Construção, que chega na Região Metropolitana de Belém com lotes de 160m² e 345m², além de mais de 20 opções de lazer dentro de uma impressionante área de resort de mais de 5000m².


Serão oferecidos mais de 500 lotes residenciais. O condomínio possui também 12.800m² de áreas verdes e de lazer, divididas em três grandes ambientes: Vila Sunset, Vila Beach Life Resort e Vila Sunrise.


A Aura Minerals, mineradora focada no desenvolvimento e operação de projetos de ouro e cobre e metais básicos e preciosos nas Américas, anunciou um investimento de R$10 milhões (2,2 milhões de dólares canadenses) para a aquisição de 24 milhões de units da Altamira Gold.


Cada unit da Altamira Gold é composta por uma ação ordinária e um direito de compra de ação ordinária. As ações ordinárias são aquelas que concedem direito de voto e participação nas decisões da empresa. Com isso, a Aura Minerals passa a deter participação de 11,3% (não diluída) da empresa, representada por 24 milhões de ações ordinárias e 24 milhões de direito de compra.


A cidade de Ananindeua, região metropolitana de Belém, se estrutura para a instalação de uma usina solar que abastecerá os prédios e os bens públicos da administração municipal. Segundo informações da Prefeitura Municipal, esse empreendimento ocorre a partir de um contrato de Parceria Público-Privada (PPP) e, na prática, converte luz solar em eletricidade usando células fotovoltaicas que serão instaladas em telhados ou terrenos.


O sistema utiliza de suas placas solares para captar a luz e convertê-la em eletricidade. Para que isso ocorra, serão cerca de R$ 30 milhões de investimento privado no município, a partir de um contrato com prazo de 25 anos e que atenderá mais de 330 unidades públicas. O próximo passo é a assinatura deste documento, prevista para ser no início de janeiro de 2024. Concretizada, a empresa Energia Ananindeua, vencedora do processo licitatório, terá o prazo de um ano para concluir a construção e dar início à operação dos serviços.


コメント


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page