top of page
Belem-negocios-connection.gif

Empresas Fecham Parceria Para Acelerar Entrega De Produtos No Norte E Nordeste

Aumento no preço do frete não deve ser repassado ao consumidor


Empresas Fecham Parceria Para Acelerar Entrega De Produtos No Norte E Nordeste
Boeing 737-800 BCF – Imagem: Boeing

Cerca de 70% de uma nova frota de carga de uma grande companhia aérea que fará entregas para uma das maiores varejistas do Brasil deve dedicar entregas de produtos para as regiões Norte e Nordeste do Brasil. A intenção é reduzir prazos de 7 a 8 para dois dias.


O Mercado Livre e a Gol anunciaram, nesta terça-feira, uma parceria para o transporte de carga via modal aéreo. O negócio vai levar a empresa a reduzir de algo como de 7 a 8 dias no prazo de entrega nas regiões Norte e Nordeste para dois dias.


Leia também:



“(A parceria e mais velocidade na entrega) Aumenta a fidelização e aumenta o mercado. Prazo de espera de 8 dias você (cliente) prefere comprar na loja física alguns produtos. A partir do dia que vai para 2 dias isso aumenta as vendas”, disse o vice-presidente sênior do Mercado Livre no Brasil, Fernando Yunes, em entrevista coletiva.


A empresa não anunciou o valor estimado de investimento para a parceria.


“A gente vai conseguir reduzir entre 70% a 80% o tempo de entrega no Norte e Nordeste”, disse.


O executivo destacou que o negócio vai representar custos mais caros para a empresa no frete, mas que esse aumento no preço não deve ser repassado aos consumidores.


“Vemos como movimento estratégico e que está alinhado com visão de entregar a melhor experiência possível”, afirmou.


Atualmente, o ML opera com três aeronaves para voos ao redor do Brasil, operadas via parceria com a Azul e Sideral — que continuam. A parceria da Gol vai adicionar seis aeronaves já contratadas e de forma dedicada ao Mercado Livre.


As primeiras três aeronaves entram em junho, já as outras três estão programadas para o ano de 2023. O acordo prevê ainda um adicional de seis aeronaves até 2025. O acordo fechado entre as empresas é de 10 anos.


“O acordo vai triplicar nossa capacidade de voos ao redor do Brasil. A gente sai de 3 para 9 aeronaves. Serão aeronaves Boeing 737-800. Foi um modelo vencedor em todas as análises. Com isso, vamos sair de 10 milhões de pacotes entregues de forma aérea por ano, para 40 milhões de pacotes”, disse Yunes.


GolLog


O plano de frota da GOL é encerrar esse ano com 136 aeronaves, sendo 44 Boeing 737-MAX 8 e 92 Boeing 737-NG. A introdução das seis aeronaves de carga, sendo três neste ano e mais três até o terceiro trimestre de ano que vem, deverá proporcionar economias no processo de transformação da frota em aproximadamente R$25 milhões em 2022 e outros R$75 milhões em 2023.


Os aviões destinados à operação fazem parte da frota atual da GOL e passarão por um processo de conversão para cargueiros, sendo designados como 737-800 BCF (Boeing Converted Freighter), equipamentos inovadores em termos de carga e eficiência, com capacidade de 24 toneladas.



*Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Quer saber mais? Siga Belém Negócios no Instagram.

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page