top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Pará ganhará dois novos distritos industriais

O Governo do Estado autorizou o começo das obras do distrito em Castanhal e Breves , além da Zona de Processamento de Exportações de Barcarena

Foto: David Alves / Ag. Pará

Distribuídos por quatro municípios do Pará, os Distritos Industriais estão localizados em Belém, Ananindeua, Barcarena e Marabá. Somam 218 empresas em atividade, que geram em média 17 mil empregos diretos e mais de 52 mil indiretos.


O Distrito Industrial de Castanhal será o primeiro no formato de condomínio e deve iniciar as obras no primeiro semestre de 2024. Para o DI de Breves, a previsão é iniciar as fases de contratação dos projetos executivos de engenharia, arquitetura e contratação de empresa para buscar o licenciamento ambiental.


A ZPE de Barcarena consiste em uma área de livre comércio, na qual as indústrias destinam boa parte de sua produção para o mercado externo, obtendo vantagens administrativas, liberação cambial e isenção de tributos. A ZPE no Distrito de Barcarena tem programação de contratação do projeto de alfandegamento e atualização de licenças ambientais, e previsão de início das obras em 2024.


Além dos novos empreendimentos, também foi autorizada a revitalização dos outros quatro Distritos Industriais localizados em Belém, Ananindeua, Marabá e Barcarena. Entre os serviços de revitalização previstos estão terraplanagem, pavimentação asfáltica, drenagem e sinalização horizontal e vertical, além de tapa-buracos, roçagem, limpeza, remoção de entulhos e pintura de meio-fio. O projeto será licitado nos próximos meses, para execução no primeiro semestre

de 2024.


O diretor de Estratégia e Relações Institucionais da Codec, Pádua Rodrigues, ressalta que a revitalização dos DIs é uma ação que “gera melhorias estruturais para manter o funcionamento adequado da urbanização, áreas de circulação e de convivência dos Distritos Industriais administrados pelo Estado, sem perder de vista que essa responsabilidade deve ser compartilhada com os municípios onde se encontram instalados”.


VEJA MAIS




Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia