top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Empreendedores brasileiros ganham hub de exposições em Portugal; saiba mais

O objetivo é atender o pequeno empreendedor e produtores brasileiros, que têm um produto sustentável de alta qualidade, com grande potencial para exportar

Marco Lessa, fundador da Casa Brasiliana

Portugal vai ganhar o primeiro hub de produtos originalmente brasileiros. A Casa Brasiliana, que abriu as portas no último sábado (dia 21), tem um showroom com um núcleo de negócios permanente, promoverá eventos para atrair investidores de várias partes da Europa, e participará de feiras no continente com vistas à exportação. A sede será no World of Wine (WOW) , conhecido como novo quarteirão cultural do Grande Porto e localizado no centro histórico de Vila Nova de Gaia.


Segundo os organizadores do projeto, o objetivo é atender o pequeno empreendedor e produtores brasileiros, que têm um produto sustentável de alta qualidade, com grande potencial para exportar, e ser mais bem remunerado.


“A Casa Brasiliana é um projeto inédito, inovador, de promoção de produtos brasileiros. É um projeto que viabilizará negócios com mercados fora do Brasil para empreendedores de pequeno e médio porte, cooperativas e associações que já desenvolvem produtos diferenciados e competitivos no exterior”, explica Marco Lessa, CEO do grupo M21 e idealizador da Casa Brasiliana.

Produtos sustentáveis

Entre as primeiras categorias que estarão em exposição na Casa Brasiliana estão cafés gourmet, chocolates, cacau, geleias e doces, charutos, biojoias, artes e artesanato, artefatos indígenas e bebidas. Todos os produtos selecionados são sustentáveis, e fazem parte do pré-requisito do projeto.


“A Casa Brasiliana foi criada para evitar a dependência dos produtores, que aguardam a participação em feiras, que quase sempre acontece apenas uma vez por ano, muitas vezes sem capacitação prévia, sem sequência ou ações pós feira. Nós vamos dar sustentação a essas ações o ano inteiro, buscando resultados", destaca Marco Lessa.


A Casa Brasiliana terá um espaço de assessoria jurídica, contábil e aduaneira para os produtores, além de apoio de grandes organismos como a embaixada brasileira.

Um dos grandes objetivos da Casa Brasiliana é aumentar a taxa de conversão de negócios e criar uma rede profissional de contatos e apoios para quem quer empreender ou mostrar seus produtos fora do Brasil.


“Vamos promover o turismo de negócios, com rodadas entre empresários, convidando investidores. Isso tudo gera consumo de hospedagem, alimentação, promoção de destino (país anfitrião)”, acrescentou Lessa, que já conta com o apoio dos governos da Bahia e Pará, Federação das Indústrias da Bahia, além da Federação das Câmaras de Comércio Brasil Portugal.


A abertura da Casa Brasiliana acontecerá dentro da programação do Chocolat Festival, evento de 19 a 22 de outubro com edição em Portugal neste ano. A abertura da Casa contará com um brunch tipicamente brasileiro como primeira forma de contacto do novo espaço com brasileiros e portugueses.


Fonte: Extra


VEJA MAIS

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page