top of page
Belem-negocios-connection.gif

Companhias aéreas internacionais buscam novas rotas no Norte e Nordeste

As possibilidades de promoção dos destinos nacionais e atração de turistas estrangeiros também foi pauta das discussões

O ministro do Turismo, Celso Sabino, se reuniu nesta segunda-feira,23, com o gerente nacional da Copa Airlines no Brasil, Raphael de Lucca, para tratar sobre a ampliação da conectividade aérea e a atração de turistas estrangeiros para o Brasil. Entre as propostas apresentadas por Sabino, estavam a possibilidade da criação de novas rotas de destinos nas regiões Norte e Nordeste para países da América do Sul e Caribe. Outro ponto abordado no encontro foi a promoção dos destinos nacionais e a atração de turistas estrangeiros.


A iniciativa surge ao mesmo tempo em que a expansão da conectividade aérea tem se tornado uma das prioridades do governo brasileiro para o crescimento do turismo, com o programa “Conheça o Brasil: Voando”. Lançado no fim de setembro, o projeto busca incentivar e facilitar as viagens dos brasileiros pelo país, além de desenvolver ações voltadas ao estímulo de viagens no Brasil, à democratização do acesso, à aviação civil e à redução do custo operacional das empresas aéreas.


“A região Norte está a 3 horas, 4 horas de destinos muito visitados por americanos e europeus no Caribe. Um voo "linkando" Belém ao Caribe, por exemplo, seria uma oportunidade para que brasileiros fossem à Belém antes de irem ao Caribe e também para que Europeus e Norte-Americanos possam vir para o Brasil, durante uma conexão na capital paraense”, pontuou o ministro.


A Copa Airlines é uma das principais companhias aéreas da América Latina e possui uma extensa rede de voos na América do Sul e no Caribe, tornando-se um parceiro estratégico para o Ministério do Turismo na busca por novas oportunidades. De acordo com o gerente da empresa, até o final de 2024, mais de 100 aeronaves irão compor a malha aérea da empresa e que em breve deverá anunciar a operação em novos destinos dentro do Brasil.


“Devemos anunciar, em breve, uma nova cidade brasileira que ainda não contam com voos da Copar Airlines. Além disso, pretendemos retomar operações em cidades, que tivemos que paralisar por conta da pandemia e pretendemos ampliar nossas rotas”, destacou Raphael de Lucca.


VEJA MAIS



Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page