top of page
Belem-negocios-connection.gif

Belém ganhará novo polo de tecnologia; investimento será de R$11 milhões

O novo espaço será dedicado, prioritariamente, às startups inovadoras das áreas de sustentabilidade, bioeconomia e tecnologias verdes, além de contar com um centro de eventos

Foto: AmazonVant

Belém vai ganhar um novo polo de tecnologia que trabalhará em conjunto com o "Espaço Inovação" e o "Espaço Empreendedor". O "Espaço Sustentável" faz parte dos parque do PCT Guamá e será construído com o investimento de R$ 11 milhões, concedido pelo Governo Federal. O recurso deve ser liberado até o final deste ano.


"É uma notícia bem-vinda, afinal, é uma perspectiva otimista que se abre para a área de ciência e tecnologia no Pará. São avanços que reafirmam o compromisso do Estado, por meio da Sectet, em garantir investimentos para fortalecer ações como forma de dar oportunidades, emprego e renda para nossa nossa gente", comentou o titular da Sectet, Vitor Dias.


O novo ambiente será também um polo de capacitação empreendedora e de eventos, com objetivo de fortalecer a cooperação entre empreendimentos inovadores nas áreas da ciência, da tecnologia e da sustentabilidade, coordenando também a pesquisa aplicada, a prestação de serviços e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos.


"O novo prédio será dedicado, prioritariamente, às startups inovadoras das áreas de sustentabilidade, bioeconomia e tecnologias verdes, além de contar com um centro de eventos. Nossa expectativa é que este prédio esteja concluído para a COP 30, tornando-se mais um equipamento disponível na nossa capital para este grande evento de sustentabilidade e mudanças climáticas", acrescenta Rodrigo Quites, diretor presidente da Fundação Guamá, instituição responsável pela gestão do Parque.


A proposta desenvolvida pela Fundação Guamá para a construção do novo prédio foi selecionada na Chamada Pública de Propostas para Apoio Financeiro a Parques Tecnológicos, na categoria "Parques em Operação". Desenvolvimento de novas tecnologias, fixação de capital intelectual local, aumento no registro de marcas e patentes, crescimento de empresas de base tecnológica e geração de empregos estão entre os impactos que serão gerados pelo novo empreendimento.


O PCT Guamá é o primeiro e único parque tecnológico efetivamente implantado na região Norte do país com objetivo de fomentar a interação entre empresas e instituições de ciência e tecnologia. De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em todo Brasil, serão R$ 240 milhões destinados para 19 parques, sendo 18 em operação (aqueles já em plena atividade, com empresas instaladas, equipe gestora e infraestrutura operacional consolidadas), e um em implantação (que integra um programa formal de desenvolvimento econômico regional e já tem iniciadas as obras de infraestrutura).


Com informações do Agência Pará


VEJA MAIS


Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page