top of page

Startup Paraense Cria App Que Compara Preços De Remédios Em Tempo Real

Eles criaram uma solução que já deu certo em Castanhal e agora estão de olho em Belém


Startup Paraense Cria App Que Compara Preços De Remédios Em Tempo Real
Farlab, aplicativo paraense

Chega de ligar, sair de casa ou pesquisar no Google preços de medicamentos. Aplicativo criado por startup paraense compara preços de farmácias e drogarias próximas, lista os mais baratos, vende e ainda oferece serviço de entrega. Solução foi criada em 2019 e em 2022 vislumbra expansão.


No começo era tudo manual, os paraenses Luís Melo e Carlos Guedes, ambos de Belém, criaram uma plataforma web. A ideia era muito simples - mas todas as boas ideias são assim, não é mesmo? - comparar preços de remédios e outros produtos disponíveis em farmácias e drogarias, utilizando a geolocalização do cliente. Além de listar os produtos, a empresa já oferecia um serviço de logística - o que facilitava ainda mais a adesão das farmácias e dos consumidores. Quando era somente um site, os clientes escolhiam os produtos e efetuavam a compra através de atendimento por WhatsApp. Foi aí que os sócios perceberam: "isso tem que ir pra frente". Depois de validar a ideia, os empreendedores partiram para o desenvolvimento da tecnologia.


Várias farmácias na palma da sua mão


O FarLab, aplicativo criado para substituir a plataforma, foi lançado em 2021 e teve uma rápida aceitação. A primeira cidade a receber a operação foi Castanhal, região metropolitana de Belém.


Atualmente, conta com...


  • Mais de 25 mil produtos cadastrados

  • 11 farmácias operando, entre elas Mini Preço, Menor Preço, Saúde Farma FarmaClin e Drogaria Nogueira (todas de Castanhal) e

  • E mais de 900 usuários cadastrados

Segundo Luís, sócio fundador, o NPS (sigla para Net Promoter Score: uma metodologia criada para mensurar o quão bem as empresas estão lidando com seus clientes ou pessoas com as quais interage) está em torno de 70. Isso significa que os estudos realizados pela startup e a própria estrutura do negócio encontra-se em um estágio bastante avançado.


Por isso, os próximos passos...


A estratégia de expansão do negócio é avançar para cidades próximas, onde a equipe deve acompanhar a implementação de perto. Belém é o primeiro destino. A metrópole, que abriga uma rede crescente de farmácias, é um desafio. O modelo de negócio pode funcionar em cidades pequenas, como foi verificado, mas em cidades maiores, onde as grandes redes já contam com tecnologias próprias, talvez encontre barreiras.


É fato que as pessoas não querem mais sair de casa para pesquisar. Isso ainda acontece com quem tem uma receita e quer comparar preços de um remédio. Ou faz inúmeras ligações e ou visita-se vários sites, na esperança de encontrar o medicamento mais em conta.


A diferença dos preços é espantosa. Na última pesquisa realizada pela Fundação Procon-SP apontou diferença de até 41% nos preços de medicamentos entre estabelecimentos diferentes. Deve haver algum motivo para o mercado não se incomodar com isso. O consumidor, por outro lado, precisa se perguntar: Porque tão diferente?


Seria a startup paraense que vai trazer a resposta à tona?


O aplicativo está disponível para IOS e Android, mas ainda é possível comprar pelo WhatsApp (se você for do tipo que adere a soluções gradativamente).



bottom of page