top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Ela Criou A Sua Própria Marca De Brinquedos Para Crianças Com Autismo

Brinquedos sensoriais ativam a criatividade e estimulam a interação social

Ela Criou A Sua Própria Marca De Brinquedos Para Crianças Com Autismo
Joseane Borges, fundadora do Gente Importante

Artesã e especialista em quiet book e brinquedos criativos, a paraense Joseane Borges, de 53 anos, criou o atelier Gente Importante, uma marca que desenvolve brinquedos para crianças com autismo e pessoas com Alzheimer.


Professora da rede pública e ex-funcionária da APAE, em Ourilândia do Norte, sul do Pará, onde morou durante treze anos, Joseane sempre se considerou artesã. Começou com a costura criativa, habilidade que se tornou a sua principal fonte de renda, e, inclusive a ajudou a superar os desafios da pandemia.


“Na pandemia, não existia uma artesã que não estivesse fazendo máscaras. Eu me vi fazendo coisas que muitas faziam, por isso, senti a necessidade de me especializar. No Instagram, vi a publicação de uma professora oferecendo uma semana de aulas grátis sobre brinquedos criativos para crianças com autismo. Não pensei duas vezes, me matriculei. Enxerguei tudo o que eu queria, e me achei. Melhor, achei meu nicho”, relembra ela.


Hoje, Joseane consegue criar seus próprios brinquedos, que são capazes de estimular habilidades e resgatar memórias.

Aprendendo brincando


Os brinquedos/jogos sensoriais podem ser usados por crianças, jovens, adultos e idosos. Profissionais de saúde, educação, casas de repouso, lojas infantis, entre outros, os utilizam para desenvolver habilidades motoras e cognitivas em pacientes.


Segundo a psicopedagoga Bárbara Pires, em uma entrevista publicada pelo G1, material lúdico pode ajudar crianças diagnosticadas com algum transtorno de aprendizagem, como Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), discalculia e dislexia.


As crianças com autismo, por exemplo, tendem a apresentar habilidades:

  • Estimulam os sentidos;

  • Aprimoram a coordenação motora fina;

  • Desenvolvem o raciocínio lógico e percepção de cores e

  • Adquirem mais autonomia e liberdade.


Quiet books ou ´livros sensoriais, são livros lúdicos, feitos em feltro e tecidos. A finalidade é estimular a imaginação, a criatividade e o entretenimento, contribuindo para o desenvolvimento infantil, além de ajudar na aprendizagem.


Eles também se apresentam como uma alternativa para preservar as crianças do uso excessivo ou impróprio da tecnologia, como televisão, computadores e celulares.


Brinquedos criativos são aqueles que permitem que a criança explore as possibilidades sem interferência externa, e com poucas regras, além de proporcionar a interação social.


A empreendedora já exportou seus brinquedos para outros estados. Demandas específicas de clientes que conheceram seu trabalho pela internet.


“Ser artesã, dona de casa, e ter uma mãe com Alzheimer (que tenho que ajudar) e consolidar essas coisas, são minhas maiores dificuldades. Tenho muitas fonoaudiólogas, donas de clínicas, que compram meus produtos. Ver o brinquedo sendo usado por especialistas é maravilhoso”.


Joseane será uma das expositoras da feira de negócios Comércio Delas, que acontecerá em dezembro, em Belém. Evento que apoia o empreendedorismo feminino vai reunir mais de 50 marcas paraenses, no Radisson Hotel, dias 2, 3 e 4.




1 Comment


Noah Chiavenato
Noah Chiavenato
Nov 24, 2021

Perfeito!!!

Like

Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page