top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Conheça 6 Startups e 1 Hub que são Players de Inovação no Brasil

Negócios fazem parte dos melhores ecossistemas nacionais de startups, segundo relatório global


dia da inovação, startups brasileiras
Divulgação Jordana Souza, cofundadora VOLL

Em 19 de outubro é comemorado o Dia Nacional da Inovação. A data foi criada para incentivar o crescimento tecnológico, científico e intelectual em todos os campos do conhecimento e o desenvolvimento da economia sustentável. Esse avanço depende, em grande parte, das pessoas que se dedicam às atividades de informática, por isso, na mesma data comemora-se o Dia do Profissional de Tecnologia da Informação.


No Brasil e no mundo, as startups são grandes catalisadoras da inovação e da Nova Economia. Em 2022, nosso país continua tendo o maior e melhor ecossistema desse modelo de negócio na América Latina, ficando em 26º lugar no ranking global, segundo o relatório da StartupBlink. Entre as startups e hubs que são players de inovação no Brasil estão DUX, Órbi Conecta, Korú, VOLL, Metha Energia, 4H e BeGreen – todos fundados em cidades listadas entre os melhores ecossistemas nacionais de startups, em São Paulo, Belo Horizonte, Campinas, Juiz de Fora e Brasília.


Conheça 6 startups e 1 hub que são players de inovação no Brasil:


DUX


Fundada em 2021 (2020), em Juiz de Fora (MG), é uma startup de Web 3.0 e a maior comunidade de criptojogos da América Latina. Atua em diversos segmentos: Investimento, Pesquisa e Educação para Blockchain Games, criando um ecossistema que facilita a entrada de brasileiros no sistema Play-to-Earn e evoluindo com importantes parcerias, como a da sul-africana Crypto University e sua guilda Mamba Gaming Universe; Criação de produtos para o Metaverso, como o show do Dubdogz, a maior dupla de música eletrônica do Brasil, na plataforma The Sandbox; e Publicidade Gamificada, tendo fundado a Agência Plug, em 2022, em parceria com a Fibra.Ag (https://fibra.ag/). A DUX é a primeira empresa latino-americana a receber investimento da Old Fashion Research, R$ 7 milhões DE SEED ROUND, e uma das primeiras a receber investimento da Animoca Brands no BRASIL, no valor de R$ 3 milhões. Saiba mais nas redes sociais da DUX: Instagram, LinkedIn e Twitter.


Órbi Conecta


É o principal hub de inovação e empreendedorismo digital de Minas Gerais. Foi fundado em 2017, em Belo Horizonte, pela comunidade de startups San Pedro Valley juntamente com as empresas Inter, MRV e Localiza. Conecta startups, corporações e comunidades de empreendedores para impulsionar o mercado de Tecnologia e Inovação do Brasil. Os pilares do hub são: Órbi for Startups, Órbi for Corporates e Órbi Academy, que em 2021 ofereceu quase 170 mil bolsas de estudos em parceria com empresas de sua rede no maior programa de formação gratuita em tecnologia do país. Saiba mais em www.orbi.co.


Korú


Fundada em 2022, a startup é uma aceleradora de oportunidades e carreiras que acredita que o futuro de uma sociedade sustentável está na integração das minorias em sala de aula e nas empresas. A accesstech criou um modelo que incentiva empresas a investir na educação dos colaboradores e também na formação no setor de tecnologia; grandes marcas como Ambev, Sinch, BeerOrCoffee, Votorantim e XP já se associaram. Também criou um sistema de bolsas de diversidade e inclusão e oferece cursos profissionalizantes nas áreas de maior demanda do mercado que colocam os alunos em contato com uma rede de empresas parceiras e oportunidades reais de trabalho. Neste ano, a Korú inaugurou seu primeiro nanohub em Campinas (SP), se uniu ao Movimento Tech, iniciativa do iFood e da XP Inc., que tem o objetivo de acelerar a capacitação e a empregabilidade de jovens em tecnologia até 2030 e também foi escolhida para participar da 11ª edição do Startup Weekend Campinas, iniciativa global com sede em Seattle (EUA). Saiba mais em www.escolakoru.com.br.


VOLL


A VOLL é protagonista na revolução do mercado de gestão de viagens e mobilidade corporativa no Brasil. Como uma agência de viagens da nova economia, a traveltech desenvolve tecnologias e ferramentas para simplificar processos, otimizar custos e facilitar o turismo corporativo de empresas de todos os tamanhos e segmentos. Tendo faturado R$ 200 milhões no ano passado, hoje, a VOLL conta com mais de 400 mil usuários em sua plataforma, de 300 empresas como Itaú, McDonald’s, Pepsico e Cargill, que, por meio de suas soluções economizam, em média, 30% com viagens e mobilidade corporativa. Além de oferecer uma série de serviços customizados e possuir equipe especializada para atender 24/7 em vários canais, a VOLL cresceu 86% de janeiro a julho deste ano, ocupando todos os estados do país com seus mais de 320 colaboradores. Atualmente, suas unidades estão nas três principais capitais econômicas brasileiras – São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. A VOLL é uma startup investida pela Vivo e pela Localiza e é uma das integrantes do ranking 100 Startups to Watch 2021. Saiba mais em www.govoll.com.


Metha Energia


É uma startup que, desde 2017, atua para transformar o setor de energia elétrica do Brasil em um modelo sustentável e gerar uma mudança real para os consumidores. Com a Metha Energia, o consumidor usa energia limpa para economizar, contribuir com o planeta e ainda experimentar uma nova forma de se relacionar com o serviço de energia: sem taxas, sem anuidade, sem obras, sem investimento e 100% digital. A Metha criou um serviço inovador que conecta consumidores residenciais às usinas renováveis de parceiros da startup, gerando descontos na conta de luz. Esse serviço já evitou a emissão de 34 mil toneladas de carbono e, atualmente, fornece energia para 75 mil pessoas em 450 cidades. Saiba mais em www.methaenergia.com.br.


4H (Quatro Hábitos para Mudar o Mundo)


A cleantech foi fundada em 2019, no Distrito Federal. Em 2022, evoluiu para um ecossistema que quer zerar a destinação de todos os tipos de resíduos para aterros sanitários até 2030, ajudando a combater as mudanças climáticas e as desigualdades sociais. Em sua plataforma, os agentes do processo de descarte e reaproveitamento de resíduos são conectados e todos ganham. Além de eliminar os gastos das empresas no tratamento do lixo de forma sustentável, o lixo se transforma em dinheiro para as associações de recicladores e outros agentes do processo. Diante de seu potencial de crescimento, a empresa já foi aprovada em programas de instituições como Sebrae, Bossanova, Deloitte Brasil e UK, B2Mamy, Distrito, Seed MG, FiNEP, FAP DF, Planeta Startup da Microsoft e RedeTV!, Amcham, Inovativa de Impacto da Certi e Cubo Itaú, além de conquistar os selos do Sistema B e do Instituto Capitalismo Consciente Brasil (ICBB). É ainda membro da Ellen MacArthur Foundation e cofundadora do ∞labs. Saiba mais em www.4habitos.com.br.


BeGreen


A Begreen nasceu do sonho de criar a primeira fazenda urbana da América Latina. Fundada em 2017, hoje conta com oito unidades em São Paulo, Belo Horizonte, Campinas, São Bernardo do Campo, Goiânia, Salvador, Osasco e Rio de Janeiro. A foodtech e agrotech conta com tecnologia capaz de produzir mais de 24 toneladas de alimentos livres de agrotóxicos por mês, economizando 90% de água, se comparado ao cultivo tradicional. Com capacidade produtiva 26 vezes maior, reduz o desperdício de alimentos com perda de apenas 2% de produção (que pode ser de até 40% no modelo convencional), além de contribuir para a redução de emissão de CO2, já que reduz a cadeia de distribuição ao cultivar perto do consumidor. A BeGreen também inovou ao levar a produção de hortaliças para dentro de shoppings e até para uma montadora de carros. A startup é vencedora de diversos prêmios nas áreas de consciência e produção sustentável, como Abrasce, Latin American & Caribbean Shopping Center Awards, VIVA Awards ICSC e ELA. Saiba mais em www.begreen.com.br.


Veja também:

 

Conheça a "Comunidade Belém Negócios". Faça networking e desenvolva novas habilidades.


Siga o nosso perfil no Instagram.

Commentaires


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page