top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Belém vai integrar a maior rede de internet por fibra do mundo; entenda

Em agenda em Belém, o ministro das Comunicações informou que a infovia irá conectar a capital paraense a Macapá (AP) e passará pela Ilha do Marajó. O investimento total é de mais de R$ 1 bilhão em toda a região amazônica


Juscelino Filho, ministro das Comunicações

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, dá início nesta segunda-feira (11/3), em Belém (PA), às obras de implantação da infovia que vai conectar a capital paraense e Macapá (AP) com internet de fibra óptica, além de pequenas cidades na Ilha do Marajó.


"Esse é um grande projeto que nos enche de orgulho. Belém vai fazer parte da maior rede no mundo de internet por fibra ótica submersa em rios. Não há nada semelhante em qualquer outro país. É levar internet veloz, de qualidade a municípios que têm difícil acesso. Só nesse trecho até Macapá são quase R$ 100 milhões de investimento. O projeto todo chega a mais de R$ 1 bilhão em toda a região da Amazônia", disse o ministro em entrevista ao O Liberal.


Segundo Juscelino Filho, o Norte e o Nordeste irão receber mais atenção e investimentos por parte do ministério. "A geografia, o relevo, os rios e as grandes distâncias impõem desafios enormes na expansão da rede de telecomunicações. Por tudo isso, merecem uma atenção especial. Existe uma necessidade maior e mais urgente em levar infraestrutura para promover a inclusão digital".


O ministro também cumprirá outras agendas na capital paraense, como a cerimônia de formatura de alunos dos cursos oferecidos pelo Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC) e a doação de 1 mil computadores, por meio do programa Computadores para Inclusão, a representantes de instituições e escolas públicas. Além disso, o ministro também participará da Blitz de Telefonia Móvel, uma iniciativa do Ministério das Comunicações com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que ocorrerá em frente ao Solar da Beira.


Por fim, Juscelino Filho compartilhou outras melhorias relativas a ampliação da conectividade no país. "Também vamos levar o sinal de 5G para 5,5 mil municípios, melhorar a cobertura do 4G e muitas outras ações para conectar, cada vez mais, o povo brasileiro. Pela primeira vez, o Plano de Aceleração do Crescimento, o PAC, incluiu um eixo chamado “Conectividade e Inclusão”, com investimento de mais de R$ 27 bilhões", finaliza o ministro.


Com informações de O Liberal


Leia Mais:



Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia