top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Belém Terá Novo Terminal Portuário Privado Conectado ao Mercado Internacional

Autorizado pelo Governo, empreendimento deve movimentar mais de 500 mil toneladas de cargas


Novo Terminal Privado de Belém Vai Conectar Linhas Marítimas Domésticas e Internacionais
Imagem: Unsplash

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) assinou documento que reconhece a criação de um novo Terminal de Uso Privado (TUP) em Belém. Com a autorização expedida pelo Ministério da Infraestrutura, empresa beneficiada poderá movimentar cargas em geral, contêineres e granel líquido.


O negócio será explorado pela Rebelo Indústria Comércio e Navegação Ltda, em local que já tem uma instalação em funcionamento há mais de 20 anos. Localizado na rodovia Arthur Bernardes, no bairro do Telégrafo, o terminal vai se adequar às normativas da Lei 12.815/13, também conhecida como Lei Geral dos Portos, que viabiliza o surgimento de novas formas de exploração fora das áreas de portos organizados.



O novo terminal portuário privado de Belém:


  • Terá área total de mais de 118 mil m² e sete berços de atracação

  • Locais para embarque e desembarque de cargas

  • Movimentar 500 mil toneladas de cargas gerais, até 25 mil unidades de contêineres e 30 mil m³ de granéis líquidos

  • E deve atuar como uma porta de entrada de insumos destinados à capital paraense


O negócio terá estrutura para funcionar como “feeder” (portos que não têm profundidade suficiente, logo, não podem receber grandes embarcações. Por isso, recebem navios menores entre portos marítimos), facilitando o escoamento de cargas para os mercados domésticos e internacional.


Existem no Pará 39 e estações de transbordo de cargas (ETCs) em funcionamento, além de 160 instalações registradas. Em Belém, seis dessas instalações portuárias são reconhecidas pela ANTAQ, além de outras 49 mapeadas.


Veja também:



Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page