top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Victoria's Secret Contrata Primeira Modelo Com Síndrome De Down

Sofia Jirau, uma mulher porto-riquenha de 24 anos com Síndrome de Down, estrela a última campanha da Victoria's Secret


Fonte: Victoria's Secret

Victoria's Secret disse sexta-feira que está lançando uma nova coleção, Love Cloud, que será promovida pela modelo Sofia Jirau, de 24 anos.


Jirau é a primeiro modelo com síndrome de Down a ser destaque pela varejista de lingerie. A modelo porto-riquenha, que iniciou carreira há três anos, disse ao Wall Street Journal que adoraria inspirar outras pessoas.



"Mesmo que tenham síndrome de Down, eles ainda podem modelar, eles ainda podem ter empregos", disse ela ao Journal.


Jirau tem sua própria campanha, Sin Limites, que conscientiza sobre a síndrome de Down.


A coleção Love Cloud, criada para o conforto do dia todo, será promovida por 18 modelos de diferentes origens. A campanha se concentra em celebrar todas as mulheres, de acordo com a Victoria's Secret.


"Com esta nova linha, estamos lançando sutiãs e calcinhas de alta qualidade em formas que se adequam às necessidades diárias das mulheres, em nosso esforço contínuo para desenvolver produtos que defendam as mulheres e apoiem suas jornadas individuais", disse a diretora de design Janie Schaffer, em comunicado.


Recentemente, a Victoria's Secret expandiu sua marca para apresentar modelos mais diversos como Valentina Sampaio do Brasil, a primeira modelo transgênero da varejista de intimidades, também faz parte desta campanha. Também houve mais contratações plus size nos últimos anos, já que a empresa pretende se tornar mais inclusiva. Na quinta-feira, a Victoria's Secret's Pink anunciou uma nova embaixadora da marca plus size, a estrela do TikTok Remi Bader.



A empresa busca ser mais inclusiva porque suas vendas sofreram nos últimos anos, à medida que os consumidores rejeitavam suas imagens excessivamente sexualizadas. Embora tivesse permanecido a marca dominante na categoria lingerie, rivais como American Eagle's Aerie, Cuup e ThirdLove, estavam ganhando mais participação de mercado. Em julho passado, revelou um plano de retorno, que incluía um pedido de desculpas de seu CEO, Martin Waters.


"Erramos", disse Waters na época. "Perdemos relevância com a mulher moderna."



(Um conteúdo CNBC)


Quer saber mais? Siga o Belém Negócios no Instagram e no Google News.

Comentarios


Últimas notícias

Publique uma notícia