top of page
Belem-negocios-connection.gif

Uma Versão Mais Contagiosa Da Ômicron Está Se Espalhando Rapidamente Nos EUA

O BA.2 já foi encontrado de costa a costa e é responsável por cerca de 3,9% de novas infecções



À medida que a onda da ômicron continua a diminuir nos EUA, especialistas em doenças infecciosas estão de olho em uma versão ainda mais contagiosa da variante que poderia mais uma vez frustrar as esperanças do país de voltar ao normal.


O vírus, conhecido como BA.2, é uma cepa da variante ômicron altamente contagiosa que parece se espalhar ainda mais facilmente — cerca de 30% mais facilmente.



Como o BA.2 ultrapassou rapidamente a ômicron original na África do Sul e em outros países e até causou um segundo surto na Dinamarca, pesquisadores têm se esforçado para que a mesma coisa aconteça nos EUA.


"Muitos de nós estávamos assumindo que ele iria decolar rapidamente nos Estados Unidos, assim como estava fazendo na Europa e se tornar a nova variante dominante", diz Nathan Grubaugh, professor associado de epidemiologia na Yale School of Public Health.


Até agora isso não aconteceu. Em vez disso, o BA.2 tem se espalhado lentamente, mas se espalhou constantemente mesmo quando a onda de ômicron continuou a se dissipar. O medo é que a propagação possa estar no caminho para acelerar rapidamente em um futuro próximo.


O BA.2 já foi encontrado de costa a costa e é responsável por cerca de 3,9% de novas infecções nacionalmente, de acordo com os Centros federais de Controle e Prevenção de Doenças. Parece estar dobrando rápido.


"Se dobrar novamente para 8%, isso significa que estamos na fase de crescimento exponencial e podemos estar olhando para outra onda de COVID-19 chegando nos EUA", diz Samuel Scarpino, diretor de vigilância de patógenos da Fundação Rockefeller.


"E esse é, naturalmente, o que estamos realmente preocupados. Estamos todos à beira de nossos assentos", diz ele.



Alguns especialistas acham improvável que a BA.2 desencadeie uma nova onda maciça porque muitas pessoas têm imunidade contra infecções anteriores e vacinação neste momento.


"A coisa mais provável que vai acontecer é que ele possa estender nossa cauda, o que significa que pode diminuir a diminuição dos casos. Mas provavelmente não vai levar a uma nova onda de casos", diz Grubaugh.


Ômicron ainda está infectando mais de 100.000 pessoas e matando cerca de 2.000 pessoas todos os dias nos EUA. Assim, mesmo que o BA.2 não pareça deixar as pessoas mais doentes do que o ômicron original, apenas retardar o declínio em novos casos se traduziria em doenças mais graves e morte.


E aumentando a preocupação, um dos tratamentos de anticorpos restantes para o COVID-19 pode ser menos eficaz em relação ao BA.2, de acordo com pesquisas recentes.


"Haverá muitas pessoas adoecendo e acabando com respiradores e morrendo por causa da BA.2", diz o Dr. Jeremy Luban, virologista da Faculdade de Medicina da Universidade de Massachusetts, especialmente entre os milhões que ainda não estão vacinados.


Embora a vacinação e a infecção prévia pareçam proteger as pessoas contra a BA.2, esta versão do vírus parece um pouco melhor em fugir do sistema imunológico que o ômicron original era. Isso aumenta a preocupação de que possa impulsionar um crescimento em novos casos.



E enquanto Luban concorda que o cenário mais provável é que o BA.2 apenas amplie a onda de ômicron, ele diz que é impossível descartar a possibilidade de outra onda.


"Pode ser que o vírus tenha que chegar a algo como 5-7%, e então, de repente, uma vez que tenha uma base como essa, ele vai decolar", diz Luban.


Especialmente se isso acontecer, assim como mandatos de máscaras e outras restrições estão sendo levantadas em todo o país e as pessoas estão realmente baixando a guarda.


"Há essa ameaça espreita da BA.2. E precisamos ter certeza de que isso não será um problema antes de reverter todos os mandatos, antes de dizer a todos que é seguro", diz Scarpino.


Quer saber mais? Siga o Belém Negócios no Instagram e no Google News.

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page