top of page
Belem-negocios-connection.gif

Startup quer Atingir 800 Mil Alunos da Rede Pública Amazônica com Tecnologia do Metaverso

Atualizado: 29 de jun. de 2022

A startup paraense Inteceleri desenvolve tecnologias para escolas utilizando o famoso miriti, fibra encontrada em abundância na Amazônia; conheça


walter oliveira, inteceleri, startup paraense, edtech
Walter Oliveira, paraense fundador da edtech Inteceleri

A Inteceleri Tecnologia para Educação é uma startup que nasceu em 2014 na Amazônia, composta por um grupo de professores cientistas que perceberam a necessidade de melhorar os índices de aprendizagem de matemática básica no Brasil, considerando que o cenário nacional indica que apenas 18% dos alunos do ensino fundamental aprendem o adequado de matemática.


A proposta é trazer soluções inovadoras compatíveis com alunos do século 21 e como primeira ação, nasceu a metodologia Matematicando (Aplicativo e Livro), cujo intuito é ensinar as operações básicas de matemática utilizando cor como gatilho de memória, atividades neurolinguística tudo isso gamificado em um jogo educativo digital. Em menos de 8 meses o aplicativo foi um sucesso e atingiu mais de 100 mil alunos e professores.



Em 2015, a startup aceitou o convite para ser a única empresa Partner Google for Education na região norte do Brasil e expandiu as ações com a implantação da plataforma, contribuindo com a aprendizagem em outras áreas do conhecimento.


Em seguida, desenvolveu o aplicativo Geometricando focado no ensino de Geometria, que usa experiências de realidade virtual para reconhecer formas geométricas regulares. No entanto, a maior dificuldade para a utilização prática da solução estava relacionada à ausência de um óculos de realidade virtual, e por isso construiu o óculos VR da Amazônia, o Miritiboard VR.


Veja também:


O produto é de baixo custo, construído a partir da fibra de uma palmeira (Miritizeiro/Buritizeiro) abundante na floresta e manejado de forma 100% sustentável, os quais hoje são produzidos por 4 comunidades locais (Guajará de Beja, Arapiranga, Tauerá de Beja e Pirocaba) do Município de Abaetetuba-PA. Agora o negócio está expandindo para mais duas cidades com comunidades indígenas e quilombolas.


Em 2020, durante o cenário pandêmico, a empresa apoiou mais de 150 mil alunos e professores com plano de ensino emergencial (remoto), além de compartilhar parte do conteúdo para auxiliá-los. Percebendo a dificuldade de infraestrutura e de internet na maioria das escolas, criou o Laboratório Móvel Maker Miritiboard VR para proporcionar experiências imersivas aliadas à cultura do aprender fazendo.


O laboratório é equipado e preparado com todos os recursos necessários para uma aula inovadora. Neste mesmo período, houve um crescimento fantástico: triplicando o número de clientes atendidos.

startup, startup paraense, startup metaverso, edtech
Óculos VR da Amazônia


Hoje, com mais de 8 anos de existência, a startup impacta mais de 450 mil alunos e professores pelo projeto chamado “EduTech Amazon: Inovações que nascem na floresta", que é composto por todos os produtos e serviços. E está presente em 5 estados (Pará, Amapá, Ceará, Maranhão e São Paulo), com a meta de atender todos os estados da Amazônia até o final de 2022, atingindo cerca de 800 mil beneficiados e assim, contribuir com a aceleração no processo de ensino e aprendizagem no Brasil.


"Considerando a nova onda de inovação e tecnologia que se aproxima, já estamos em preparação para o lançamento de uma nova solução, o App GeoMeta: Aprenda geometria no Metaverso", revela Walter Oliveira, CEO do projeto.


A startup participa também do primeiro investplace do Norte do Brasil, e está captando recursos financeiros através de investidores anjos.


No dia 30 de junho, Walter participará de um evento em Manaus, o Expo Amazônia Bio&TIC e apresentará a palestra “Metaverso Educacional que nasce na floresta: Óculos VR Miritiboard e App Geomate”.


app de educação, aplicativo para escolas, startup edtech
App GeoMeta, desenvolvido pela Inteceleri

Conheça a Inteceleri

 

Quer receber mais notícias como essa? Faça parte do nosso grupo do WhatsApp e siga nosso perfil do Instagram.


Junte-se a nós. Leia conteúdos exclusivos e acesse ferramentas premium. Assine o Belém Negócios. Planos a partir de R$9,90/mês.


Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page