top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Starlink, De Elon Musk, Divulga Preço De Internet No Brasil

Empresa deve iniciar operação nos próximos anos, mas usuários devem preparar o bolso


Starlink, De Elon Musk, Divulga Preço De Internet No Brasil
Startlink
  • Quando a Starlink chega no Brasil?

  • Como funciona a Starlink

  • Starlink, preço de internet no Brasil


Após receber autorização da Anatel para fornecer internet no Brasil, a Starlink, empresa do bilionário Elon Musk, divulgou os preços de planos de internet para usuários. A assinatura de rede de até 500 Mb/s e os equipamentos já podem ser reservados, mas isso vai custar cerca de R$ 10 mil por ano, sem contar os impostos.


A informação foi publicada no próprio site da companhia, que deve iniciar sua operação no Brasil nos próximos anos.


Quanto custa o plano de internet da Starlink no Brasil?


O plano da Starlink oferece velocidade de download de 150-500 Mbps e latência de 20-40ms e vai custar R$ 530 por mês. O equipamento é adquirido separadamente, no valor de R$ R$ 2.670,00.


Além disso, o frete de entrega do equipamento não está incluso. Para cada conta, o valor de entrega é de R$ 365.


O usuário também deve pagar uma taxa de importação do produto, que é liberado após a confirmação do envio.


Elon Musk pretende resolver o problema de conexão em áreas remotas do Brasil, onde a rede de fibra óptica tem dificuldades de chegar.


Mesmo sendo um serviço caro, a empresa informa que ainda tem prejuízo nas vendas, pois o custo de fabricação dos equipamentos é alto.


Nos EUA, os planos de assinatura da Starlink custa em torno de US$ 500.


A Anatel liberou a exploração de satélites da Starlink no espaço aéreo do Brasil até 2027, em baixa órbita, cerca de 550 km da Terra. A aprovação aconteceu após um encontro do ministro das Comunicações Fábio Faria com o bilionário, em dezembro do ano passado.


O plano de expansão da empresa envolve a criação de uma rede capaz de cobrir todo o Planeta, incluindo regiões afastadas, como o território amazônico.


Quer saber mais? Siga o Belém Negócios no Instagram e no Google News.

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia