top of page
Belem-negocios-connection.gif

Site Impulsiona Vendas de Pequenos e Grandes Negócios

Negócios de todos os tamanhos, desde pequenos empreendedores individuais até as gigantes empresas internacionais, vendem seus produtos na Amazon. E o motivo de todos eles estarem no mesmo lugar é o mesmo: oferecer seus produtos para milhões de clientes que visitam o maior marketplace do mundo, diariamente


Site Impulsiona Vendas de Pequenos e Grandes Negócios
Imagem: Divulgação

  • Como vender no site da Amazon

  • Como vender na internet

  • Como vender mais na internet


Nos dois últimos anos a transformação digital foi acelerada com a pandemia. Além das adaptações com o trabalho remoto e as aulas on-line, novos hábitos de consumo passaram a fazer parte do cotidiano dos brasileiros.


De acordo com dados do MCC-ENET, uma parceria entre a Companhia Compre & Confie e a Câmara Brasileira da Economia Digital, o setor de vendas do e-commerce no Brasil cresceu 20,56% em janeiro de 2022, na comparação com o mesmo período do ano passado.


Veja também:



As compras pela internet continuam numa subida crescente e ao que tudo indica, 2022 será favorável para quem tem um negócio digital.


Empreendedores, de todos os tamanhos e segmentos, podem abrir o canal de vendas na Amazon e fazer parte do maior marketplace do mundo. Além dos pontos de vendas físicos, poderão expandir as vendas para todo o Brasil, e até mesmo em outros países.


Mas as vantagens não param por aí. A Amazon é a empresa mais focada no consumidor que existe, por isso conta com uma base consolidada de usuários que mantém um relacionamento de confiança. Muitos clientes preferem comprar na Amazon, ao invés do próprio site da marca. Isso ocorre porque eles se sentem seguros e estão acostumados com a agilidade na entrega e o suporte ao cliente – antes, durante e depois da venda.


Criar uma loja virtual como vendedor na Amazon é muito simples, basta entrar neste site, escolher um dos planos que atenda melhor o tamanho do negócio e fazer o cadastro.


O marketplace da Amazon tem mais de 30 categorias de produtos, que incluem bebidas, móveis para casa e cozinha, material escolar, eletrônicos, ferramentas, moda, enfim, abrangem os segmentos mais procurados pelos clientes, reunidos no mesmo site.


Outro grande diferencial da Amazon é que o vendedor não precisa pagar taxa de transferência bancária ao receber o seu pagamento pelas vendas. E ainda, mesmo que o cliente tenha parcelado as compras, receberá à vista, sem nenhum custo adicional.


Um revendedor ou vendedor no marketplace Amazon pode optar por utilizar o método FBA (Fulfillment by Amazon), onde ele adquire a mercadoria, mas a Amazon fica responsável pelo armazenamento e entrega dos produtos. Ao utilizar esse serviço, a loja torna-se elegível para o Amazon Prime, onde o cliente tem frete gratuito. Para usar esse serviço é cobrada uma taxa, que varia de acordo com os tipos de produtos.



Atualmente, mais da metade dos produtos vendidos na Amazon são de pequenos e médios negócios. Para que eles possam expandir ainda mais as vendas, a Amazon disponibiliza vários recursos como, guias, ferramentas e treinamentos, além de parcerias com aceleradores para empreendedores como SEBRAE, RME e CUFA.


Muitos vendedores estão crescendo com a Amazon, como é o caso do Rogério Conti, que fundou a loja de roupas Part.B em 2018. Quando ele soube que podia vender na Amazon, fez o cadastro na mesma hora. E no dia seguinte já começou a vender pelo site.


“Quando entramos para o FBA nossas vendas decolaram. Para quem fazia de dez a quinze vendas por dia, e começar a fazer acima de cem vendas por dia foi um grande salto.” Relata Rogério Conti.


O marketplace da Amazon foi feito para todos os vendedores que querem abrir sua loja on-line, expandir as vendas e fazer o negócio voar.


Conteúdo de responsabilidade da marca


Quer saber mais? Siga o Belém Negócios no Instagram e no Google News.

댓글


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page