top of page
Belem-negocios-connection.gif

PicPay está se tornando uma rede social? Novas funções indicam que sim

A estratégia da fintech é se tornar uma rede social/app de pagamentos. Os usuários vão poder trocar mensagens, imagens, vídeos e outras coisas mais que Zuckerberg costuma fazer.


Alguém aí usa o PicPay? É uma ferramenta que facilita a vida de muita gente, além dos benefícios para os usuários. A plataforma decidiu inovar e vai implementar troca de mensagens, imagens, vídeos e áudios no app.


Tudo é uma questão de engajamento. A iniciativa faz com que o PicPay se pareça cada vez mais com o WeChat, aplicativo multitarefas bem famoso na China.


Isso porque, com essas novas funções, o PicPay passa a ter uma cara mais de rede social, ao invés de apenas um aplicativo de pagamentos. A estratégia já tem surtido resultados.



Se você parar para pensar, é uma jogada bem inteligente, já que, ao invés de usar muitos apps, cada um para uma função, dentro do PicPay você faz praticamente tudo.


Segundo a empresa, o objetivo é justamente facilitar a vida dos usuários, fazendo com que mais pessoas passem a usar o aplicativo, gerando valor à marca. Atualmente, o PicPay conta com 58 milhões de usuários.



Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page