top of page

Paraense cria tijolo feito com caroço de açaí

A empreendedora encontrou uma solução sustentável para os resíduos de açaí produzidos na região.

Foto: Divulgação/Benigna Soares

A empreendedora paraense Geisiane Ferreira Ribeiro do Nascimento, de 29 anos, encontrou uma solução sustentável para os resíduos de açaí no Pará: a produção de tijolos. Enquanto toneladas de caroços de açaí são geradas diariamente, apenas uma pequena parte é aproveitada, causando problemas ambientais.


O tijolo, desenvolvido pela empresa Xingu Tijolos Sustentáveis em Altamira, passa por um processo de secagem e trituração dos caroços de açaí. A mistura resultante é comprimida em uma máquina para aumentar a resistência do tijolo. Após a secagem, ele está pronto para uso. Geisiane busca uma produção ambientalmente consciente, com benefícios como a redução de emissões de CO², menos resíduos na obra e uma possível redução de custos de até 40%.


O objetivo é também proporcionar um padrão estético atrativo. O uso de resíduos de açaí na construção civil já é estudado por professores da Universidade da Amazônia (UNAMA) para o desenvolvimento de concreto permeável.


O tijolo feito com caroço de açaí foi apresentado na Feira de Negócios Sustentáveis do Xingu, promovida pela empresa Norte Energia, visando promover o empreendedorismo e o desenvolvimento sustentável na região. O projeto recebeu orientação sobre economia e gestão de negócios, contribuindo para a promoção de práticas sustentáveis e oferecendo vantagens empresariais, de acordo com o programa Belo Monte Empreende.


Engenharia hoje


Leia Mais:

  • Descubra um novo jeito de fazer network e desenvolver novas habilidades com a Comunidade Belém Negócios

  • Faça parte do BlackStage, mentoria empresarial inédita no Norte do Brasil

  • Acompanhe todas as notícias do Belém Negócios, entre para o Grupo no WhatsApp

  • Belém Negócios lança iniciativa Oficina de Negócios, um ambiente exclusivo para quem quer começar a sua própria empresa

bottom of page