top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Pará É O Estado Que Mais Desmatou Na Amazônia Legal Em 2021

O ano de 2021 foi o pior em uma década, diz o instituto Imazon, e o estado do Pará capitaneou a destruição florestal


Pará É O Estado Que Mais Desmatou Na Amazônia Legal Em 2021
Foto: Victor Moriyama/Amazônia em Chamas/Divulgação Greenpeace

O Pará continua em primeiro lugar em ranking de estados que mais desmatam na Amazônia Legal. O número reflete o baixo investimento do Governo em políticas de proteção ambiental e também o alto interesse das empresas em práticas exploratórias agressivas.


No ano de 2021, foram 4.037 km² devastados. A fatia de desmatamento no estado representa 39% de todo o desmatamento na região amazônica, isso só em 2021.


Veja os índices de desmatamento nos últimos 10 anos:


O relatório foi divulgado nesta segunda, 17, pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). O segundo estado que mais desmatou foi o Amazonas, com 2.071 km² destruídos.


Segundo o Imazon, só no estado do Pará houve expressivo aumento da derrubada da floresta em áreas federais e estaduais.


O instituto destavou também estão no Pará mais da metade das 10 terras indígenas e das 10 unidades de conservação que mais foram desmatadas durante todo o ano.


A floresta amazônica viveu em 2021 o seu pior ano em uma década. De janeiro a dezembro, foram destruídos 10.362 km² de mata nativa, o que equivale a metade de Sergipe. Os dados são do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), que monitora a região por meio de imagens de satélites. Apenas em relação a 2020, ano em que o desmatamento na Amazônia já havia ocupado a maior área desde 2012, com 8.096 km² de floresta destruídos, a devastação em 2021 foi 29% maior, informou o instituto.


No boletim do Imazon, somente o Amapá não apresentou aumento no desmatamento da floresta amazônica.


Os estados de Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, superaram o ano anterior e também foram os que apresentaram maiores áreas de floresta destruídas em 10 anos.


O Ministério do Meio Ambiente afirmou em nota que "devido às ações integradas entre os ministérios do Meio Ambiente, Justiça e Defesa, com Ibama, ICMBIO, Força Nacional, Polícia Federal e demais órgãos do Governo Federal, os índices de crimes ambientais vêm reduzindo em todo o país", informou o G1.


A Secretaria de Meio Ambiente do Pará também informou em nota que o estado apresentou uma diminuição de 51% em dezembro, quando comparado com o mesmo período do ano anterior.


Você já segue Belém Negócios no Instagram?

Comentarios


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page