top of page
Belem-negocios-connection.gif

O que é e como definir uma persona para o seu negócio

A sexta matéria da série especial Criando e Crescendo com o um Novo Negócio, traz dicas super importantes para você definir uma persona para o seu negócio.


O que é e qual é a importância de criar uma persona. Para você que está começando a empreender, essa matéria é essencial para descobrir quem é o seu cliente de verdade.

O que é e como definir uma persona para o seu negócio
Descubra o poder da persona para definir ótimas estratégias para o seu negócio

Na série Criando e Crescendo com um Novo Negócio, que publicamos periodicamente aqui no Belém Negócios, você já leu sobre:







Você precisa ler também sobre como desenvolver um bom plano de negócio, ideal para criar boas expectativas e desenvolver uma trajetória de sucesso para o seu negócio.



Dentro do plano de negócio, existe um ponto muito importante, a persona. Mas afinal o que é uma persona? Este artigo vai lhe trazer especificamente este tema que é tão apreciado pelos grandes empreendedores.


O que é uma persona


Personas são personagens fictícios criados para representar os diferentes tipos de usuário dentro de um alvo demográfico, atitude e/ou comportamento definido que poderia utilizar um site, uma marca ou produto de um modo similar. Personas são uma ferramenta ou método de segmentação de mercado.


Qual a diferença entre persona e público alvo


Enquanto o público-alvo dá informações mais gerais sobre o seu cliente ideal, a persona traz um maior nível de detalhes, além de partir de um pouco de storytelling para ajudar a sua equipe de marketing a criar mais empatia e visualizar a melhor linguagem e abordagem nas campanhas.


A importância de definir a sua persona


Hoje, a definição de uma persona é o alicerce para o marketing digital de uma empresa. Ela é a criação fictícia de um cliente ideal, com base em dados reais sobre o seu comportamento. Em uma definição de persona você representa muito mais que dados.


Como definir as suas personas: passo a passo


Para lhe explicar sobre como definir a sua persona, resolvemos fazer um resumo de um artigo muito bem desenvolvido pela Conexorama, agência de inbound marketing expert em impulsionar marcas como líderes. Por tanto, se você quiser se aprofundar sobre o assunto, a seguir vamos indicar o link da matéria completa.

A agência Conexorama utiliza e recomenda o método de pesquisa, buscando informações importantes com a base de contatos que o cliente possui, e depois cruza os dados com ferramentas de análise, como Google Analytics, Facebook Analytics, SEMRush, etc.


Passo 1 – Definir a base de contatos para fazer sua pesquisa


O primeiro passo para definir Personas, é entender para quem você irá enviar pesquisas e tentar entender melhor os perfis. Ou seja, definir a base de contatos que você usará na definição das Personas para a sua empresa.


Existem duas maneiras simples de separar a base para saber quais são os perfis que são interessantes para o seu Estudo de Personas. Veja:


Se você já possui uma base engajada de clientes ativos


Neste caso, você já tem um relacionamento mais duradouro com a sua a base de contatos e consegue mapear sua Persona através de clientes ativos da sua empresa. Então você pode contar com eles para uma entrevista ou para responder um formulário!


Se você NÃO possui uma base engajada de clientes ativos


Sendo este o seu caso, não precisa se desesperar. Se você começou sua operação há pouco tempo e ainda não possui clientes ativos na base, mas possui contatos que estão caminhando dentro da jornada de compra na sua empresa, esses serão os perfis que você utilizará na sua definição de Personas.


O ponto mais importante aqui é enviar sua pesquisa para contatos que realmente façam sentido para o seu negócio, aqueles que já são clientes ou os que têm grande potencial para ser, para que você tenha resultados válidos com o seu estudo de Personas.


Passo 2 – Questionário para a base escolhida


Com a base de contatos definida, é hora de criar um questionário com as principais perguntas sobre o seu público-alvo.

A melhor forma seria conduzir entrevistas diretamente, mas você pode otimizar o tempo usando um questionário online.


Para isso, você vai precisar contar com o auxílio de uma ferramenta para fazer sua pesquisa online. Existem diversas opções gratuitas no mercado que você pode utilizar de maneira rápida e prática, como Google Forms, Typeform ou SurveyMonkey.


Definindo Personas de Negócios B2B


Se seu nicho de atuação atinge o B2B, faça perguntas focadas no contexto da empresa em que a pessoa trabalha, como:

É uma micro, média ou pequena empresa? É uma corporação?

Qual o nome da empresa?

Onde se localiza?

Quem é o influenciador?

Quem é o comprador? (pode usar abordagem B2C para definir essa persona)

Quem é o decisor?

Qual faixa de faturamento da empresa?


Definindo Personas de Negócios B2C


Já se você trabalha com o público B2C, o foco principal são as informações pessoais. E você pode fazer perguntas como:

Homem ou mulher?

Nome

Qual a idade? (idade específica)

Mora em que cidade?

Mora em casa, condomínio, apartamento?

Mora sozinho ou não?

É casado, mora junto, namorando?

Tem filhos? Quantos? De qual idade?

Trabalha? Estuda? Empreendedor? Desempregado?

Qual a renda


Para obter mais insights, uma boa dica é incluir perguntas abertas, buscando entender de maneira mais profunda as dores do seu cliente.


Não se esqueça: além das perguntas que possibilitam entender quem é sua Persona, é importante fazer perguntas relacionadas ao desafio para o qual sua empresa tem a solução.


Vamos supor o seu negócio seja uma imobiliária, neste caso poderia perguntar:


Atualmente qual é a maior dificuldade que possui para alugar ou comprar um imóvel?


Lembre-se de não fazer um formulário muito extenso pois isso pode diminuir o engajamento da sua base nas respostas. Seja objetivo e faça perguntas que trarão respostas esclarecedoras sobre qual os perfis ideais para sua Buyer Persona.


Uma vez que o formulário esteja pronto, você precisa divulgá-lo. Para isso você pode utilizar de diferentes canais de divulgação como Whatsapp, redes sociais, e-mail ou até mesmo um telefone para os clientes mais próximos.


Passo 4 – O desenho das Personas


Com todos os dados colhidos e analisados, é hora de criar um controle que seja de fácil acesso para você e sua equipe poderem utilizar sempre que forem pensar em estratégias para o seu negócio.


Por aqui, a agência utiliza uma planilha, mas você pode usar a ferramenta que preferir.


O ideal é trabalhar com até 4 Personas mapeadas, mas isso vai depender do seu negócio. É importante ressaltar que isso não exclui as demais Personas que podem existir e consumir as soluções da sua empresa, mas que você estará criando um foco para suas estratégias de marketing digital.


Já ouviu aquele ditado que diz que quem não tem objetivos, não chega a lugar nenhum? Pois é, quem tem objetivos demais também não. Ter muitas Personas pode acabar atrapalhando suas estratégias e conteúdo, uma vez que você pode ficar sem saber qual a prioridade.


A partir disso, comece a registrar os dados dentro da sua planilha, insira os dados coletados como nome, faixa de idade, quais produtos da sua empresa consome, o que busca, quais são suas maiores dificuldades, etc.


Inclua também as informações sobre como a Persona se relaciona com o seu produto ou serviço.


Ter a Persona definida te ajuda a ter mais assertividade nas estratégias de marketing. É possível identificar o tipo de linguagem a ser usado, qual tipo de conteúdo produzir e se está atingindo sua dor para fazer com seu negócio tenha valor para a Persona.


Comentários


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page