top of page

Nubank compra plataforma de pagamentos Pix para lojas virtuais

Fintech pretende manter os atuais clientes da Spin Pay e ampliar a carteira para levar o Pix para ainda mais consumidores e plataformas de comércio


O Nubank anunciou nesta segunda-feira, 30, a compra da Spin Pay, fintech de pagamentos instantâneos que oferece suporte para compras via Pix no comércio eletrônico. "A chegada da Spin Pay é uma forma de proporcionar, de forma mais rápida, uma experiência ainda melhor e simplificada para lojistas e clientes Nu", diz nota do Nubank.



A aquisição vai permitir que o Nubank ofereça soluções de pagamento para o varejo eletrônico .Hoje, a Spin Pay trabalha em parceria com mais de 220 varejistas de diferentes setores, como lojas de departamento, eletrônicos e companhias aéreas, possibilitando a substituição de meios de pagamentos burocráticos por experiências simples, rápidas e seguras.


A solução está disponível nas plataformas de e-commerce VTEX, Loja Integrada e em breve na Shopify Plus, além de uma solução (APIs) capaz de se integrar a qualquer tipo de sistema do varejo.


Mesmo depois da aquisição, as operações seguem independentes. A Spin Pay funcionará como unidade separada de negócios, trabalhando no desenvolvimento de tecnologias – alinhadas com o propósito do Nubank.


A força do Pix


Lançado em novembro de 2020, o Pix transformou o mercado de pagamentos no Brasil. Segundo dados do Banco Central, o novo meio de pagamentos já movimentou mais de R$ 1 trilhão em pouco mais de seis meses de operação e o número de transferências via Pix já supera o de outras alternativas, como TED e DOC.


Digital e instantâneo, o Pix é um meio de pagamentos que trouxe para todo o mercado algo que o Nubank já praticava: a possibilidade de movimentar dinheiro de forma simples, sem pagar tarifas abusivas.



bottom of page