top of page

Maior operadora aeroportuária do Brasil assume administração de aeroporto em Altamira(PA)

A empresa já investiu mais de R$3 bilhões para assumir a administração de 11 aeroportos em diversos estados do país

Foto: Infraero

A Aena, maior operadora aeroportuária do país, assumiu à 0h de hoje a administração do aeroporto de Altamira (PA). Com isso, a empresa conclui a transição operacional dos 11 aeroportos do bloco SP/MG/MS/PA, que fizeram parte da sétima rodada de concessões, realizada em agosto do ano passado.


Localizado no maior município brasileiro em extensão territorial, o aeródromo de Altamira receberá melhorias. O terminal de passageiros vai dobrar de tamanho, passando de 1.200 m2 para 2.600 mil m2. A superfície da sala de embarque e da área pública ficará 3,6 vezes maior que a atual.


A empresa, que já administrava desde 2020 seis aeroportos no Nordeste, passa a contar com um total de 17 equipamentos de infraestrutura no Brasil, marcando presença em nove Estados de quatro regiões do país. Assim, torna-se responsável por cerca de 20% do tráfego aéreo nacional.


Antes mesmo de iniciar as operações, a Aena já realizou pagamentos iniciais de R$ 3,3 bilhões para assumir a administração dos 11 novos aeroportos. Durante a primeira fase do processo, foram feitas a elaboração e aprovação dos planos de transferência operacionais. Para isso, a companhia fez visitas técnicas aos 11 aeroportos com uma equipe de mais de 60 profissionais, que participaram de 40 reuniões com cerca de 100 stakeholders diferentes. A Aena também promoveu quase 14 mil horas de treinamento a mais de 170 profissionais que vão atuar nesses aeroportos.


Segundo o comunicado da companhia, nos 11 novos aeroportos, acontecerão obras para deixá-los mais seguros, sustentáveis e confortáveis aos passageiros. A empresa entrega até dezembro os anteprojetos das melhorias à Anac, com os planos para a ampliação e modernização dos terminais. As obras devem começar no segundo semestre de 2024, com previsão de entrega em 2026. Em Congonhas, a conclusão das obras será em 2028.


Além de Altamira, a companhia opera os aeroportos de Congonhas (SP), Recife (PE), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Aracaju (SE), Campina Grande (PB), Juazeiro do Norte (CE), Campo Grande (MS), Ponta Porã (MS), Corumbá (MS), Uberlândia (MG), Uberaba (MG), Montes Claros (MG), Marabá (PA), Carajás (PA) e Santarém (PA).


NORDESTE

Nos aeroportos do Nordeste, sob administração da Aena desde 2020, a empresa já investiu cerca de R$ 2 bilhões em obras, equipamentos e sistemas para melhorar tecnologia, segurança e conforto, com ampliação dos espaços e acréscimo de capacidade operacional. As melhorias de Maceió, Juazeiro do Norte e Campina Grande já foram entregues. No próximo dia 12 de dezembro, serão inauguradas as obras do Recife. Em todos eles, destaca-se o acréscimo da capacidade operacional, que varia de 40% a 100%.


Agência CMA


Leia Mais:

  • Descubra um novo jeito de fazer network e desenvolver novas habilidades com a Comunidade Belém Negócios

  • Faça parte do BlackStage, mentoria empresarial inédita no Norte do Brasil

  • Acompanhe todas as notícias do Belém Negócios, entre para o Grupo no WhatsApp

  • Belém Negócios lança iniciativa Oficina de Negócios, um ambiente exclusivo para quem quer começar a sua própria empresa

bottom of page