top of page

Governo procura organização social para gerir o programa Startup Pará

Atualizado: 29 de jun. de 2021

Empresa sem fins lucrativos ficará responsável por gerenciar parte das atividades e facilitará o andamento dos projetos amparados pelo programa

Governo procura organização social para gerir o programa Startup Pará
Projetos serão acompanhados por nova gestão supervisionada (Imagem: Unsplash)

Atualmente administrado pela própria Sectet (Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica) e mantida pelo Governo do Estado, juntamente com a Fapespa (Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas), o programa Startup Pará vai passar por reformulações enquanto se prepara para uma nova fase de inscrições.


A nova gestora do programa deverá ser uma Organização Social, devidamente habilitada e qualificada pelo estado. O objetivo é facilitar os processos e aproximar a gestão do programa de forma técnica com as empresas que estão sendo acompanhadas pelo programa.



O edital de chamamento público, da Sectet, foi publicado nesta segunda (14).


Sobre o programa Startup Pará

O Startup Pará tem como principal objetivo, o apoio técnico e financeiro para propostas de ideias inovadoras ou empresas (startups), que provoquem mudanças significativas para o desenvolvimento sustentável do estado.


Ao todo, o programa está investindo R$ 3 milhões de reais em iniciativas inovadoras e startups localizadas no Estado.


Nova gestão: paralela e cooperativa


As Organizações Sociais interessadas em gerir o programa, deverão enviar correspondência para startupsectet@gmail.com, até o dia 18 de junho de 2021.


O resultado será divulgado no dia 30 de julho de 2021.


A OS selecionada, assinará contrato de gestão com o governo do Pará, sob coordenação e supervisão da Sectet, ficando responsável pela gestão e operação de projetos definidos no edital.


O edital está disponível no site da Sectet.

bottom of page