top of page
Belem-negocios-connection.gif

Empresa global de soluções de conectividade anuncia expansão para Belém e Manaus

Grupo opera com rede de infraestrutura, por meio de cabos submarinos que ligam o Brasil ao resto do mundo. Em 2023 a empresa inaugurou unidades em três capitais e em 2024 deve abrir outros três pontos no Brasil, incluindo as duas maiores cidades do Norte; saiba mais



Este é um conteúdo Premium para assinantes


A TelCables Brasil está ampliando e aprimorando a conectividade no Centro-Oeste do Brasil. A empresa inaugurou no final de outubro um novo Ponto de Presença (PoP) em Cuiabá, que se junta aos PoP de Goiânia e Brasília, inaugurados em setembro e julho, respectivamente.


Por meio dessa nova rede de conectividade, as cidades do Centro-Oeste do Brasil já estão com velocidade e latências (tempo de resposta entre computadores e servidores) próximas às cidades da Europa e Estados Unidos, permitindo que as pessoas e as empresas tenham acesso a serviços e tecnologias com maior eficiência e diversidade.


Isso é resultado da atuação da TelCables Brasil, que está fazendo parcerias locais estratégicas, que viabilizam vender serviços e produtos às operadoras de internet (ISPs) da região, chegando também ao mercado corporativo. Com isso, o braço nacional da Angola Cables pretende consolidar o mercado regional, de forma a atrair também provedores de médio porte e grupos financeiros.



O novo mapa de conectividade regional que está sendo implementado pela TelCables Brasil vai ligar as principais capitais do Centro-Oeste e do Norte do Brasil ao Nordeste, via Fortaleza, onde está localizado seu Data Center Tier III, o AngoNAP; e ao Sudeste, conectando-as a São Paulo e Rio de Janeiro.


Foram inaugurados este ano, três Pontos de Presença: Cuiabá, Goiânia e Brasília. Para 2024 estão previstos Campo Grande, Belém e Manaus. Nesse sentido, a capital federal desempenha um papel importante na nova rede, pois será o ponto central da conectividade na região.


Também estão sendo feitas ampliações e incrementos tecnológicos em seus cabos submarinos. O Monet, que liga o Brasil aos Estados Unidos (Fortaleza – Miami), por exemplo, passou por um upgrade no ano passado e hoje é o único capaz de ofertar 400 Gbps de tráfego ao mercado brasileiro, abrindo caminho para diversas inovações, como IoT e Nuvem de Borda.


Atuação


A TelCables Brasil continuará operando na rede de infraestrutura da Angola Cables, por meio do AngoNAP e os cabos submarinos que ligam o Brasil ao resto do mundo (Monet, SACS e WACS), mas, agora, ampliará ainda mais sua oferta de produtos de rede e soluções digitais, principalmente nas novas regiões, para empresas de todos os segmentos e portes, governos etc.


Por meio de produtos como o Clouds2Brasil, o Shields2Brasil, Smart Bizz, Global Data Centers Interconnection (GDI), IP Trânsito e Anti_DDoS, entre outros, a TelCables Brasil entregará soluções de rede interconectada local com acesso a mercados globais, em cinco continentes, por meio de mais de 30 pontos de presença, 66 Data Centers e 300 nods de cloud mundiais.


Leia Mais:

  • Descubra um novo jeito de fazer network e desenvolver novas habilidades com a Comunidade Belém Negócios 

  • Faça parte do BlackStage, mentoria empresarial inédita no Norte do Brasil

  • Acompanhe todas as notícias do Belém Negócios, entre para o Grupo no WhatsApp 

  • Belém Negócios lança iniciativa Oficina de Negócios, um ambiente exclusivo para quem quer começar a sua própria empresa

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page