top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Conheça a ONG que foi eleita a melhor do Pará

O projeto atua na região de Santarém e atende mais de 30 mil moradores de comunidades rurais, em sua maioria tradicionais e muitas das quais em situação de vulnerabilidade social



O Prêmio Melhores ONGs, organizado pelo Instituto O Mundo que Queremos e o Instituto Doar, é um dos eventos mais aguardados do setor terciário anualmente. Este prêmio, desde sua criação em 2017, tem como objetivo reconhecer e iluminar o trabalho essencial das ONGs no Brasil, orientando doações e incentivando boas práticas e gestão eficiente no setor social.


As 100 melhores ONGs do ano, conforme anunciado pela organização, estiveram presentes para receber seus troféus. Além disso, foram destacadas as 10 melhores ONGs de pequeno porte, bem como as melhores por categoria e estado.


Dentre as escolhidas como melhores por Estado, está a ONG Projeto Saúde & Alegria, localizada em Santarém. A instituição, que atende cerca de 30 mil moradores de comunidades rurais de Belterra, Aveiro, Juruti e Santarém, ganhou como a melhor do Estado do Pará.


É um reconhecimento pelo trabalho do dia a dia da nossa equipe. Da prestação de contas, do engajamento da equipe de campo, sempre trabalhando junto com as comunidades. Reconhecimento das comunidades que atuam junto conosco em tudo que fazemos e também aos membros de nossa diretoria e do nosso conselho. É mais um prêmio de um trabalho conjunto de todos nós– ressaltou o médico-fundador da instituição, Eugênio Scannavino Neto, em entrevista.



O Projeto conta com uma equipe multidisciplinar que utiliza metodologias participativas para mobilizar e engajar os moradores, não apenas como público participante das ações, mas como parceiros ativos na construção de soluções para seus próprios desafios. A ONG busca resolver problemas reais como: saúde e saneamento básico, organização social, cidadania e direitos humanos, energias renováveis, educação, cultura e inclusão digital, e mais.


Além de ser reconhecido como melhor do Pará, o Projeto também está entre as 100 melhores ONGs do país e trabalha com diversas frentes como: desenvolvimento territorial; saúde comunitária; educação, cultura e comunicação e economia da floresta. Cada frente de atuação conta com subdivisões fazendo com que o trabalho da Instituição seja amplo e bem desenvolvido nos municípios de atuação.



O Prêmio seleciona organizações que são destaque em gestão e transparência, servindo como referencia para doadores e voluntários. Para selecionar as 100 melhores ONGs do país, as instituições desenvolveram uma metodologia de avaliação que combina informações de cinco grandes temas que permitem a verificação de transparência e gestão nas organizações.


A coordenadora administrativa, Adriana Pontes, afirma que esse é um momento importante para valorizar o esforço da equipe de administração que opera com princípios de transparência: “Todos os relatórios financeiros, as prestações de contas e os balanços patrimoniais são atualizados e auditados por um serviço independente para então serem submetidos à análise do conselho fiscal do PSA e à aprovação pela assembleia geral de sócios. Nós temos, ainda, a autoria dos doadores, e auditorias externas independentes, e isso é muito importante. A cultura da transparência estabelece um vínculo de confiança com a sociedade”, ressaltou em .


Além disso, as ONGs também receberam premiações por área de atuação, sendo consideradas as mais relevantes em todo o Brasil em seu segmento. Organizações como a Associação Feminina de Estudos Sociais e Universitários (AFESU) e o Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDESAM) foram reconhecidas por suas contribuições significativas em suas respectivas áreas.


Conheça o Projeto Saúde e Alegria

Instagram: @saudeealegria





Confira a lista completa:

As 10 melhores de pequeno porte 

  • Associação Nariz Solidário 

  • Associação Terceira Via 

  • Centro Cidadania – Ação e Educação Socioambiental 

  • FreeHelper Soluções Sociais 

  • Instituto Brasileiro de Capoeira-Educação (IBCE) 

  • Instituto Bold 

  • Instituto Social Agatha 

  • ONG Luz de Sophia 

  • Associação Casa Arte Vida Assistência Social 

  • Soul Bilíngue 


Melhores por estado 

  • Alagoas: Instituto Mandaver 

  • Amapá: Associação Cidadania Social e Sustentabilidade (ACSSUS) 

  • Bahia: Instituto Para Um Mundo Melhor (IMMEL) 

  • Ceará: Instituto Povo do Mar (IPOM) 

  • Distrito Federal: ABRACE 

  • Espírito Santo: Instituto Ponte 

  • Maranhão: Plan International Brasil 

  • Minas Gerais: Providens – Ação Social Arquidiocesana 

  • Mato Grosso: Associação Varzeagrandense Madre Tereza de Calcutá 

  • Mato Grosso do Sul: Instituto Moinho Cultural Sul-Americano 

  • Pará: Projeto Saúde & Alegria (CEAPS) 

  • Paraíba: Associação Cultural Pisada do Sertão 

  • Pernambuco: Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) 

  • Piauí: Amare 

  • Paraná: União dos Escoteiros do Brasil 

  • Rio De Janeiro: Agência do Bem 

  • Rio Grande Do Sul: Casa do Menino Jesus de Praga 

  • Santa Catarina: Bombeiros Voluntários de Joinville 

  • São Paulo: Instituto Verdescola 


Melhores por causa 

  • Assistência Social: Associação Feminina de Estudos Sociais e Universitários (AFESU) 

  • Cultura: Fundação Observatório do Livro e da Leitura 

  • Desenvolvimento Local: Instituto Novo Sertão 

  • Direitos Humanos: Plan International Brasil 

  • Educação: Associação Vagalume 

  • Esporte: Fundação Esportiva Educacional Pró Criança e Adolescente (EPROCAD) 

  • Filantropia, voluntariado e apoio à sociedade: Associação Junior Achievement do Rio de Janeiro 

  • Geração de renda: Associação Aliança Empreendedora 

  • Meio Ambiente: Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDESAM) 

  • Saúde: Instituto do Câncer Infantil 


Com informações do Portal Brasil Amazônia Agora e Projeto Saúde Alegria


Leia Mais:


Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia