top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Como a Smart Fit se tornou a academia de R$ 13 bilhões

Maior rede de academias do país atravessou crise de 2020 apostando na inovação e no próximo dia 14 de julho, as ações ordinárias da Smart Fit começam a ser negociadas na B3 (B3SA3)


Depois do IPO, a Smart Fit passou a valer R$ 13 bilhões de reais. Ela é a maior rede de academias do Brasil tem quase 1 mil unidades, espalhadas por 13 países.


Antes da pandemia, a base de clientes chegou a 2,8 milhões de pessoas. Porém, como todas as empresas do mundo, a Smart Fit precisou se reinventar neste período.



A empresa lançou a plataforma Treine em Casa, que rapidamente alcançou 22 milhões de usuários. Desta forma, ampliou sua base de dados e deve lucrar com isso, à medida que a reabertura avança.


A primeira Smart Fit foi aberta em 2009, na cidade de São Paulo. O fundador da empresa, Edgard Corona, buscou inspiração em academias de baixo custo nos Estados Unidos.


Foi aí que decidiu criar um modelo acessível, mas de alta qualidade. A "academia inteligente" buscou entender rapidamente quais eram as principais métricas de sucesso dos clientes.


O segmento fitness mudou muito nos últimos anos e apresenta diferentes estratégias para se adaptar às constantes mudanças do mercado. A rede enxerga esse momento uma transformação na forma das pessoas "consumirem" academia, há um novo momento para os negócios do ramo nos países que retomaram atividades.

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia