top of page
Belem-negocios-connection.gif

Belém sedia Conferência Internacional Amazônia e Novas Economias

Evento vai debater o desenvolvimento socioeconômico da região

Representantes dos povos originários, da sociedade civil, academia, setores públicos e privados se reunirão na capital paraense, Belém, para tratar de questões que envolvem meio ambiente, economia, e desenvolvimento sustentável na Conferência Internacional Amazônia e Novas Economias, entre os dias 30 de agosto e 1° de setembro de 2023.


Encontrar o equilíbrio entre desenvolvimento socioeconômico da região e sustentabilidade não é uma tarefa simples, mas existem práticas econômicas que unem essas duas questões e que precisam ser difundidas e potencializadas. Proteger a Amazônia não é um obstáculo para o desenvolvimento.


Palestrantes internacionais


O muito honorável Tony Blair, primeiro-ministro da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte (1997- 2007), vai fazer a palestra principal do segundo dia do evento. Em seu governo, Tony Blair deu prioridade para questões ambientais, com ênfase nas medidas contra o aquecimento global. Na ocasião, o Reino Unido era um dos poucos países a alcançar a meta de redução de emissões de carbono imposta pelo Protocolo de Kyoto.


O presidente da Colômbia (2018-2022), Iván Duque, será o palestrante de destaque do terceiro e último dia da Conferência. Com o discurso de que proteger a floresta é um dever moral dos países que a abrigam, seu governo priorizou iniciativas como o desenvolvimento de cadeias produtivas sustentáveis e o impulsionamento do ecoturismo na região.


Além do presidente colombiano, também estão confirmadas as presenças de lideranças globais como o 8° Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon que vai fazer a palestra magna no primeiro dia do evento.


Estarão presentes também, o presidente do ICMM, Rohitesh Dhawan; o embaixador da UNESCO para a Sustentabilidade, Oskar Metsavaht; Neidinha Suruí, ativista na Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé, entre outros.


Diversidade temática


Os participantes vão debater temas como: novas economias, bioeconomia, economia circular, minerais estratégicos, mercado de carbono, economia solidária, ESG, combate aos crimes ambientais. O foco será encontrar soluções para a manutenção da floresta viva e colaborar com a construção de uma agenda verde para a transição econômica.



Sobre a Conferência


A Conferência Internacional Amazônia e Novas Economias é promovida pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), organização sem fins lucrativos, que reúne mais de 130 empresas e instituições que atuam no setor mineral e assumiram o compromisso de proteger a Amazônia. O IBRAM e seus associados estão comprometidos com inovações no setor e com a difusão das melhores práticas empresariais e ambientais.


A participação na Conferência é gratuita, as vagas são limitadas e qualquer pessoa pode se candidatar. A pré-inscrição deve ser feita no site oficial, onde também estão disponíveis mais informações como programação, palestrantes e local da conferência.


Fonte: Assessoria da conferência

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page