top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

Belém Negócios Lança Marketplace Para Startups E Investidores

Atualizado: 28 de abr. de 2022

Plataforma de compra e venda de startups não cobrará por comissões e já está cadastrando projetos; conheça



Agora fundadores de startups vão ter um ambiente otimizado e gratuito para vender suas ideias e se conectar com investidores de todo o Brasil. É o primeiro marketplace desse tipo no país que não cobrará comissões pelas aquisições. Lançamento será feito no dia 30 deste mês e funcionará integrado ao site Belém Negócios.


Idealizada por Rodrigo Souza, fundador e CEO do Belém Negócios, maior portal de notícias sobre negócios da capital paraense, a ferramenta já conta com mais de 30 projetos cadastrados.


Lançamento acontecerá na mesma data em que o site completará um ano.


Como funciona?


A plataforma terá recursos para startups e investidores. Entenda:

  • Fundadores de startups deverão se cadastrar gratuitamente através do formulário que já está disponível

  • Todas os negócios passarão por uma curadoria. Somente os que apresentarem as melhores propostas serão listados no site

  • Investidores de todo Brasil também poderão se cadastrar e somente eles terão acesso às informações

  • Caso os investidores tenham interesse em adquirir ou investir em uma startup, eles mesmos entrarão em contato com os fundadores

A negociação acontecerá de forma privativa, como já acontece.


Cadastre sua startup


A vantagem para o fundador de uma startup que quiser listar seu negócio no marketplace é que ele mesmo deve elaborar a proposta de venda, oferecendo um percentual do seu negócio por um valor potencialmente irrecusável.


O cadastro de startups ficará disponível permanentemente na plataforma e será feito de forma gratuita. Semanalmente, novos negócios serão adicionados e enviados diretamente para o mailing de investidores.


Investidor, conheça as melhores oportunidades antes de qualquer um


O principal benefício que o investidor terá, além dos contatos diretos com fundadores de startups de todo país, será a exclusividade. A maior parte das informações ficará restrita a eles. Dessa forma, a plataforma garante mais privacidade.


A plataforma vai atuar como um meio de campo, listando novos projetos bem avaliados e ainda oferecerá conteúdo exclusivo sobre o mercado.


A curadoria interna da plataforma servirá para contrabalancear o interesse de ambas as partes. Isso significa que somente os melhores negócios serão aceitos, para que os investidores tenham a certeza de que estão procurando no lugar certo.


Além disso, não existirá comissão. As aquisições acontecerão de forma privativa.


"O Belém Negócios já é bem conhecido na comunidade inovadora da região. Costumamos acompanhar os editais públicos e privados e temos acesso a diversos grupos de tecnologia. A ideia surgiu justamente a partir desse contato. O objetivo principal é facilitar as conexões, não só local mas nacionalmente, encurtando caminhos. Temos um público interessante de investidores, fundadores, pessoas interessadas em inovação e tecnologia que acessam nossos conteúdos diariamente. Por que não conectá-los entre si também?", Explica Rodrigo.


Lançamento


Enquanto o lançamento não acontece, fundadores de startups já podem inscrever suas propostas aqui.

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia