top of page
Belem-negocios-connection.gif

Belém está entre as capitais que menos aproveitam materiais de reciclagem no Brasil

Cidade aproveita menos de 1% do que produz de lixo que poderia ser reciclado, segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe)

Belém capitais menos aproveitam reciclados Brasil
Foto: Tassia Barros/Ag. Pará

Menos de 1%. Este é o percentual de aproveitamento de materiais recicláveis em Belém. A cidade está entre as capitais que menos aproveitam resíduos que poderiam ser reciclados, com índice de 0,45%, segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). As informações são do G1 Pará.


A cidade produz em média mil toneladas de resíduos por dia. Desse total, apenas 8 toneladas têm destinação diferente ao aterro, segundo a Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb).


Com o novo sistema de limpeza pública, que completa trinta dias nesta quarta-feira (15), há promessas de melhorias para o trabalho. A empresa Ciclus, responsável pelo serviço, precisa aumentar de 2 para 20% a coleta seletiva na cidade.


"A empresa começa pelo diagnóstico, isso é importante porque vai saber o que realmente cooperativas precisam para alavancar o trabalho, e qual a necessidade de cada uma", explica Jonas Silva, coordenador de cooperativa em Belém.


A Prefeitura de Belém já realiza, uma vez por semana, em parceria com as cooperativas a coleta seletiva em seis bairros - Nazaré, Umarizal, Cremação, Jurunas, Batista Campos e Terra Firme.


No entanto, melhorias nas rotas, estruturas e compra de equipamentos são essenciais para alcançar o ideal, como explica Neyson Mendonça, coordenador de pós-graduação em engenharia sanitária e ambiental na Universidade Federal do Pará (UFPA).


"O cenário que a gente tem hoje na coleta seletiva é de cooperativas que não estão assistidas da devida forma. É preciso ver qual o potencial de todo o material que elas podem gerar".

Neste primeiro ano de atividade do consórcio Ciclus Amazônia, a coleta seletiva é concentrada no bairro de Nazaré. Em seguida, será expandida para os bairros de Batista Campos e Umarizal.


Entre os resíduos coletados estão papel, vidro, plástico e metal. O recolhimento dos resíduos deverá ocorrer de segunda a sábado.


G1 Pará


Leia Mais:





Kommentare


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page