top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

BC Libera Site Para Consulta A Dinheiro Esquecido Em Bancos

R$ 8 bilhões serão devolvidos a consumidores e empresas que esqueceram valores nos bancos



O Banco Central (BC) liberou hoje, segunda-feira (14), o novo site para consulta a valores esquecidos em bancos por pessoas físicas e jurídicas. A instituição informou que cerca de R$ 4 bilhões podem ser devolvidos a 28 milhões de consumidores e empresas só nesta primeira fase.


A quantia total pode chegar a R$ 8 bilhões. O site foi anunciado em janeiro, mas a novidade animou tanto os brasileiros que o sistema ficou sobrecarregado e saiu do ar, fazendo com que o Banco Central suspendesse a operação até que o acesso fosse restabelecido.


Agora, a consulta deverá ser feita em uma nova página: valoresareceber.bcb.gov.br.


Banco Central do Brasil, valores a receber


Veja o passo a passo para consultar valores esquecidos nos bancos:


  • Acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br;

  • Digite seu CPF ou CNPJ para consultar se você tem valores esquecidos em bancos;

  • Se sim, guarde bem a data que o sistema vai te informar. É neste dia que você saberá o valor exato que tem a receber e solicitar a transferência, também pelo valoresareceber.bcb.gov.br.

  • A devolução do dinheiro será feita via Pix a partir de 7 de março.


Aqueles que preferirem não indicar uma chave na hora serão informados pelos respectivos bancos sobre como será feito o depósito.


Se o usuário não conseguir acessar o site no dia indicado pelo sistema do BC, poderá voltar ao site em outro momento e repetir o processo.


O sistema deve informar uma nova data para retorno. O dinheiro continuará guardado pelas instituições financeiras pelo tempo que for necessário, até que o usuário peça a devolução.


Acesso ao sistema


Para solicitar o resgate do dinheiro esquecido nos bancos, é necessário usar um login gov.br nível prata ou ouro. Caso ainda não o tenha, basta fazer um cadastro gratuito pelo site ou pelo aplicativo gov.br disponível na Google Play (Android) e na App Store (Apple).


A conta gov.br tem três níveis de confiabilidade: bronze, prata e ouro. O primeiro, mais básico, é conquistado logo quando o cidadão se cadastra na plataforma, o que normalmente acontece por meio do formulário online do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ou da Receita Federal.


Quer saber mais? Siga o Belém Negócios no Instagram e no Google News.

Comments


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page