top of page
Belem-negocios-connection.gif

Banco Central promove iniciativa em Belém sobre Educação Financeira

Os públicos infantil, infantojuvenil, jovem e adulto podem participar da programação


De 15 a 21 de maio, instituições de todo o país realizam atividades de educação financeira (Foto: Agência Brasil)

De 15 a 21 de maio, instituições de todo o país realizam atividades de educação financeira, previdenciária, securitária ou fiscal, como parte da Semana Nacional de Educação Financeira (Semana ENEF), uma iniciativa anual do Fórum Brasileiro de Educação Financeira (FBEF), que ocorre desde 2014. Em Belém, uma instituição financeira vai promover, de 15 a 18 deste mês, ações de educação financeira para os públicos infantil, infantojuvenil, jovem e adulto. A 10ª edição da agenda seguirá com o tema central voltado para a Resiliência Financeira.


"A Semana ENEF é um movimento provocado pelo Banco Central, que comunga do princípio cooperativista que é o interesse pela comunidade. É um momento importante para lembrar a todos que pequenas atitudes podem causar um grande impacto nas finanças pessoais e na economia local. Para nossa instituição, toda semana é de educação financeira. Possuímos programas e atividades perenes em torno do tema, a exemplo do Programa Cooperação na Ponta do Lápis, que leva conteúdo para crianças, jovens e adultos. Contribuir para a relação saudável com o dinheiro nos permite construir uma sociedade mais próspera", pontuou Amaury Braga Dantas, Diretor Executivo do Sicredi no Pará.


Programação gratuita


No dia 15, a cooperativa de crédito vai realizar um dia de atividades com o público infantil e infantojuvenil em um colégio particular, em Ananindeua, focado em crianças do Fundamental I e II, tratando de educação financeira de forma lúdica. Já na terça-feira (16), as ações seguem para a Vila do Apeú, em Castanhal, onde envolverá operários de uma fábrica de panelas, com a atividade “Finanças: Mitos e Verdades”.


Na quarta-feira (17), o Sicredi vai receber alunos do curso de contabilidade da Universidade Federal do Pará (UFPA), no auditório da Sede Administrativa, em Belém, para um evento de educação financeira direcionada a jovens adultos, com conteúdo em linguagem um pouco mais técnica.


Em 18 de maio, além de promover a ação de educação financeira em outro colégio particular em Ananindeua, o evento será realizado na Faculdade Esamaz e será aberto à comunidade acadêmica. A expectativa é de que, aproximadamente, 200 alunos participem da ação, que terá início a partir das 18h30, na unidade da Municipalidade.


Jogo metaverso


Durante a Semana, será lançado o universo do Sicredi no Roblox, jogo no metaverso que visa trabalhar, de forma lúdica, a educação financeira e o cooperativismo com crianças e adolescentes. A aplicação foi desenvolvida pelo Lab de Inovação da instituição financeira.


O jogo, chamado “Universo S902”, proporciona uma experiência durante a qual crianças e

adolescentes podem interagir com os habitantes do universo, desenvolver atitudes

cooperativas que os recompensam, participar de quiz, fazer compras valorizando o comércio local, aprender a usar um caixa eletrônico, investir e guardar o dinheiro de brincadeira, estimulando comportamentos e hábitos saudáveis de consumo. O objetivo é promover uma cultura financeira mais consciente e responsável desde a infância, sendo que o jogo pode ser acessado em uma página específica.


Essa instituição financeira também vai intensificar a divulgação da sua campanha “Educação financeira não é sorte, é conhecimento”, que demonstra a importância de conhecer sobre o tema. O público em geral pode acessar a websérie “Sim ou Não, Dinheiro na Mão”, composta por três episódios os quais fazem uma paródia dos programas de auditório, em que o participante é colocado dentro de uma cabine e deve responder “sim” ou “não” às perguntas do apresentador, mesmo sem ouvi-las e sem saber o que está acontecendo no palco. O conteúdo pode ser acessado no site.


Além disso, a instituição promove, por meio das suas 105 cooperativas, ações locais de

educação financeira em diferentes formatos e conectadas com a realidade e o contexto das

regiões onde atua. “A educação financeira é fundamental para a criação de hábitos saudáveis em relação às finanças e ao consumo. Realizamos ações voltadas ao tema não apenas na Semana ENEF, mas durante o ano todo por meio de nossas cooperativas, que promovem diversas atividades para associados e público em geral”, afirma Romeo Balzan, superintendente de Cooperativismo e Sustentabilidade.


VEJA MAIS

Comentários


Últimas notícias

Publique uma notícia

bottom of page