top of page
central-cop-30-belem-2025.gif

7 prédios públicos serão disponibilizados para a rede hoteleira de Belém; veja quais são

A ação foi anunciada nesta quinta-feira, 14, durante reunião dos comitês técnicos estaduais e municipais que tratam da Conferência do Clima em 2025

Antigo prédio da Receita Federal, em Belém.

A Prefeitura de Belém informou que prédios do Governo Federal devem ser cedidos ou alienados para a construção de hotéis e ampliação do número de leitos para recepcionar a Conferência Anual das Nações Unidas para o Clima - COP-30, que será realizada na capital paraense, em novembro de 2025. Atualmente, a rede hoteleira da capital conta com cerca de 30mil leitos, número que não suportaria a quantidade de pessoas previstas para a Conferência.


São sete prédios que estão desocupados e bem localizados, dos quais os dois mais cobiçados pelo setor privado estão nos bairros de Nazaré e Campina: o antigo prédio da Receita Federal e o do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os outros cinco prédios estão nos bairros do Reduto, Umarizal, Pedreira e mais um em Campina e em Nazaré.


O coordenador do Comitê Executivo Municipal da COP-30, Luiz Araújo, que participou da reunião de forma on-line, avalia positivamente a mobilização federal. “A Prefeitura de Belém festeja a iniciativa e vai continuar auxiliando no que for possível para aumentar o número de leitos na cidade e gerar mais empregos com novos empreendimentos”.


Os prédios foram mapeados pela Secretaria do Patrimônio da União (SPU), com as informações de localização, tamanho da área, pendências financeiras e fiscais, além de obras e serviços necessários para reforma, restauro e revitalização.


Com informações da Agência Pará


VEJA MAIS


Comentarios


Últimas notícias

Publique uma notícia